Skip to content Skip to footer

Marketing Digital Esportivo: Por onde começar?

O marketing digital esportivo representa hoje uma oportunidade de negócios altamente lucrativa para muitas pessoas, atletas e profissionais do marketing e comunicação. Entretanto, a grande maioria não tem noção de onde começar, o que fazer ou, simplesmente, ainda não tem como investir nesse mercado cheio de áreas para investir.

De acordo com a pesquisa da empresa Hootsuite, existem mais de 4 bilhões de pessoas conectadas na internet no mundo todo. O Brasil é o terceiro país que mais fica conectado, com média de 9h por dia. Com isso os brasileiros têm uma representatividade muito grande, é uma ótima oportunidade para o marketing digital esportivo.

O que é o Marketing Digital Esportivo?

O marketing digital iniciou em 1986, a partir do marketing tradicional, mas é focado no digital, como redes sociais, blogs, sites e e-mail marketing. Quando falamos do marketing digital esportivo, focamos ainda mais em uma especialidade ligada ao esporte, e com isso utilizando suas técnicas e estratégias.

Nestes anos, já tínhamos apego aos eventos esportivos como a Copa do Mundo, Olimpíadas, campeonatos nacionais, entre outras competições esportivas, mas nessa época era muito atrelado e dependente da TV, jornal e rádio. E, apenas nos anos 2000, deu-se início à evolução digital, criando uma velocidade para os meios de comunicação, as informações começaram a ser passadas com mais facilidade.

Os benefícios do Marketing Digital Esportivo

Por ser online, o marketing digital surge com várias características positivas em comparação aos formatos de marketing offline. Por exemplo, por não lidar com impressão em papel ou veiculação em grandes emissoras, o processo de produção do marketing digital é mais rápido e sem tanta burocracia. O marketing digital também ganha pontos por ter um sistema de acompanhamento de resultados melhor e mais preciso do que o de qualquer meio offline. Além disso, se algo der muito errado ou muito certo em sua campanha, é possível fazer correções ou aperfeiçoamentos com ela ainda em andamento.

Por isso, o marketing digital é a melhor maneira de aumentar a visibilidade da sua marca e gerar novos negócios nos dias de hoje. É importante você saber por onde começar.

Se você souber aplicar de uma forma eficiente, vai cativar o público. Usando os valores relacionados ao esporte, por exemplo, em uma campanha que mostra a superação, dedicação, disciplina e liderança que o atleta tem. São valores que podem motivar o público a consumir aquilo que você quer vender.

Entendendo o comportamento do público

Tendo isso como base, o marketing digital esportivo vai fazer com que o público associe sua marca a um valor. Um exemplo disso são as empresas de itens de luxo que se referem ao golfe, tênis e automobilismo, que são modalidades mais frequentes entre os consumidores da elite econômica.

Mas é importante você verificar se o consumidor será receptivo. Por meio de uma pesquisa de mercado, você tem uma base do quanto o produto pode ser aceito. Afinal de contas, quando as propostas do marketing são bem aceitas, a tendência é que viralize e se espalhem de maneira espontânea, gerando mais popularidade e lucros para a empresa.

Uma forma de sua campanha ser bem aceita pelo consumidor é mexendo com a emoção. O esporte em si mexe com a emoção e sentimento das pessoas. Logo, o marketing digital esportivo pode fazer o mesmo. A empresa não pode apenas querer oferecer o seu produto, pois também é necessário estabelecer uma relação afetiva com o público-alvo. É importante criar algo que incentive o receptor da mensagem a comprar a mercadoria não só pela qualidade e funcionalidade, mas pelos impactos que ela pode trazer para a vida dele.

Como fazer o Marketing Esportivo

Quando falamos em marketing esportivo lembramos dos patrocínios nas camisas dos clubes, nas placas de publicidade dos estádios. Mas são apenas algumas formas de divulgar sua marca.

Patrocínio

Esse é o mais comum para clubes, atletas e eventos. Os patrocínios sempre estão presentes nas camisas de clubes e podendo formar até uma parceria, como foi Palmeiras com a Parmalat e, atualmente, com a Crefisa, Corinthians com a Kalunga, entre outros. Com os jogadores a grande maioria dos patrocínios vem como material esportivo. Nesse caso, a empresa veste o jogador, como a Nike faz com Cristiano Ronaldo e Neymar e Adidas com o Messi.

Hoje em dia, até as competições tem uma empresa ligada a seu nome. No Brasil, demorou um pouco para usar desse recurso. Hoje, temos a Copa do Brasil que a Continental, empresa alemã que fabrica pneus, junto com a organizadora do campeonato. Ela pagará até 72 milhões de reais para o vencedor da competição. Outra competição nacional que adotou essa filosofia foi o Campeonato Brasileiro, que tem o patrocínio da rede de atacado Assaí.

Existem muitos campeonatos pelo mundo que tem um patrocínio. Isso aumenta o prestígio da competição.

Patrocínios em Estádios

Outra forma de aplicar marketing esportivo é anunciar o nome da sua empresa estádios e arenas esportivas. Além de expor sua marca no local e aproveitar a visibilidade do local, pode comprar o Naming Rigths da construção.
Atualmente, a compra dos direitos do nome de um estádio ou arena esportiva, está em alta. É um excelente negócio para ambos e pode render milhões de reais.

Existem vários exemplos de empresas que tem seu nome em algum estádio ou arena esportiva. No futebol, podemos citar o exemplo da seguradora alemã Allianz, que exibe o nome da sua marca no estádio do Bayern de Munique, a Allianz Arena. E, aqui no Brasil, no estádio do Palmeiras, o Allianz Parque. Na NBA, temos o exemplo da Pepsi Center, casa do Denver Nuggets e, no Futebol Americano (NFL), encontramos o estádio do New Orleans Saints que tem o nome da Mercedes-Benz em sua arena.

Influenciadores Digitais

Na era dos Youtubers, que estão com a corda toda até no marketing digital esportivo, pode ser uma forma de potencializar sua marca.

As mídias como Youtube e Instagram, estão presentes na vida do público. Com um fácil acesso a essas plataformas digitais, seu alcance pode ser melhor, se um Youtuber, que tem um número relevante de seguidores, usar sua marca. Podemos citar como exemplo o Fred, do canal de humor esportivo desimpedidos. Hoje, o Youtuber conta com quase 5 milhões de seguidores no seu Instagram, e um deles é nada mais nada menos que Cristiano Ronaldo, com quem fez duas campanhas publicitária com a fabricante de shampoos Clear Men.

O Marketing Digital Esportivo

Como citamos acima, as mídias digitais estão entre os principais meios de ações do marketing esportivo. Tanto que poderíamos simplesmente chamar de marketing digital esportivo, não é mesmo?

Mas isso é compreensível. As pessoas passam muito tempo online e é justamente nesse ambiente que elas tiram as suas dúvidas quando querem comprar algo. Por isso, investir em produção de conteúdo é essencial se você deseja conquistar novos clientes e fidelizar os antigos.

E, além de criar publicações nas redes sociais e artigos para blogs, uma excelente alternativa no momento é produzir vídeos! Isso, porque, segundo a previsão do CEO do YouTube no Brasil, a audiência de vídeos vai ultrapassar a da TV até 2020. Dessa forma, você consegue provar que a sua empresa está por dentro das tendências.
Para isso, existe uma forma dentro do marketing digital esportivo que o princípio é exatamente esse: valorizar a informação e empoderar o consumidor.

Leia: Como Conseguir um Empresário de Jogador de Futebol

Você já utiliza o marketing digital esportivo em sua carreira? Compartilhe com a gente algumas de suas estratégias.

Leave a Comment

0.0/5

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.